Vive todos os dias, como se fosse o último, e um dia verificáras estar certo.



quarta-feira, 29 de setembro de 2010

MEDO

O nosso quotidiano parece marcado por uma emoção predominante; alguns chamam-lhe "ANSIEDADE",
outros "nervosismo", outros "inquietação", mas na realidade trata-se de MEDO. Quer a nível global, pelo medo que sentimos de atentados terroristas e de catástrofes naturais, quer a nível pessoal, pelo medo que sentimos de não conseguir atingir todos os nossos objectivos de vida, a verdade é que vivemos quase sempre..... assustados!
  Contudo, o medo é uma reacção fisiologica natural provocada por forças inconscientes. Quanto mais compreendermos o inconsciente, menos seremos vítimas dele e dos seus impulsos. Não nos devemos esforçar por "conquistar" ou ultrapassar o medo que sentimos - basta-nos compreender que o medo não passa de uma energia e, tal como todas as energias, não é em si mesma nem positiva nem negativa. Não é algo que possamos evitar ou reprimir - mas sim  algo que podemos transformar. Reconhecendo a verdadeira origem energética e inconsciente do medo, podemos dissolvê-lo em sentimentos de calma, harmonia e serenidade.

OSHO

sábado, 25 de setembro de 2010

Ideais, ideias, esta na hora de olhar para dentro.

"Todo aquele que ama um "IDEAL", não se ama a si mesmo."

O que é um IDEAL;
É  tudo aquilo que você acredita, que você acha que é importante para ser feliz.
Mas será mesmo assim?
Esses IDEAIS vão prender você, vão aprisiona-lo e assim justificar o seu modo de viver.
Então o que fazer?
Reconheça, permita-se ver como você é realmente, reflita sobre si mesmo e pense se esses ideais lhe vão fazer feliz.
Mas se não conseguir ser diferente, reconheça que você é mesmo assim, e aceite-se como você é.
Mas qual a diferença?
A diferença é que depois de você  reconhecer aquilo que é, identificando-se, você vai estar amando-se, como você é sem culpas sem julgamentos.
E depois?
Você vai poder amar ao proximo como a si mesmo.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

O Futuro da Humanidade de Augusto Cury

- Garoto, o seu nome é o de um desbravador, mas você nunca será como um de nós. Você


pode maquiar-se, vestir roupas rasgadas, cheirar mal, mas continuará sendo você mesmo. No seu

mundo, vocês crêem que a embalagem muda o valor do conteúdo. No meu mundo isso é

uma tolice. Você continuará sendo um prisioneiro.

Marco Polo ficou abismado:

- Prisioneiro do quê?

- Do sistema.

- Eu sou livre!

- Você pensa que é livre. Você tem os pés livres para caminhar e a boca livre para falar. Mas

você é livre para pensar?

- Creio que sim.

- Então me responda com sinceridade: Você sofre pelo futuro, ou seja, você se atormenta por

coisas que não aconteceram?

- Sim - disse, consternado.

- Você tem necessidades que não são necessárias?

- Sim.

- Você sofre quando alguém o critica? É preocupado com a opinião dos outros?

- Sim.

Falcão se calou e Marco Polo ficou pensativo. Lembrou-se do quanto as opiniões do seu

professor e de seus colegas de classe o atormentaram. A discriminação que sofreu fora registrada

de maneira privilegiada, gerando um conflito. Perdeu o sono algumas vezes. Deixou que o lixo de

fora invadisse sua emoção.

Começou a analisar o que estava fazendo naquela praça. Conquistar Falcão era motivado pela

dor da discriminação e não pelo que realmente ele representava. Assim, começou a rever seu foco.

Com honestidade, admitiu:

- Não sou tão livre como imaginava.

Falcão continuou e pela primeira vez o chamou pelo nome.

- Marco Polo, o mundo em que você vive é um teatro. As pessoas freqüentemente representam.

Elas se observam o tempo todo, esperando comportamentos previsíveis. Observam seus gestos,

suas roupas, suas palavras. A liberdade é uma utopia. A espontaneidade morreu.

TUDO É INTERIOR, TUDO.

É necessario meditar, observar os nossos pensamentos ,identificar as nossas verdades interiores:
-Eu axo,
-Eu quero,
-Eu sei,
-Eu faço
-Eu tudo
que ilusão

 nada esta no exterior, tudo, tudo é interior:

A vinda do Reino de Deus
não é uma coisa
que se possa ver
ninguém vai dizer
vejam, está aqui
ou
está alí
porque o Reino de Deus esta dentro de vocês.

Lucas, cap 17, versiculo 20