Vive todos os dias, como se fosse o último, e um dia verificáras estar certo.



sábado, 14 de maio de 2011

Mensagem do Mestre

video 
Todos vós sabeis orar a Maria Santíssima mas também vos enganeis no caminho. A oração nunca se dispersa, é como a vida que cada um quer fazer ao seu jeito.
Todos vós deveis saber que nada  vos pertence, nada é a pertença de vós, nem filhos, nem companheiros ou companheiras, nem bens materiais. Não vale a pena arranjar estratagemas para segurar o que não é pertence de cada um.
Os filhos reencarnam, os pais são precisos para encaminhar, já não falo em educar, são precisos para encaminhar os filhos. É como os pássaros, quando têm asas têm que deixar soltar para voar.
Os bens materiais, quando não se tem o merecimento do empréstimo, porque é apenas um empréstimo, voa, desaparecem, vão na enxorrada e quem paga? É o Divino! Tem culpa?
Não filhos, cada momento do presente agora, do presente que hoje é passado mas foi presente, do presente do vosso futuro é esse o presente que o mais importante porque é nesse momento do presente que se pagam, redimem ou se equilibram os momentos presentes dos passados que não foram aproveitados e o mais importante é no momento presente que se preparam os dias vindoiros, que vós todos chamais  de futuro, só e apenas pelo merecimento de cada um se pode equilibrar,
o desejo que é a forma irracional de querer, tudo se quer mas nada se faz por merecer, faz-se tudo para obter tudo o que se quer, mas não se faz nada para merecer.
Perdoai. Todos vós, palavras que vós façam sofrer, não é essa a intenção mas que todos vós olhais com mais atenção.

Sem comentários:

Enviar um comentário